CATÁLOGO DE PEÇAS

 

Peças de direção e suspensão HCV da TRW obtêm nota máxima em testes comparativos independentes

TRW Aftermarket

a TRW Automotive Aftermarket anunciou que os seus componentes de direção e suspensão (S&S) para veículos comerciais pesados (HCV) receberam nota máxima em matéria de durabilidade, força e desempenho, em testes independentes realizados recentemente. Esta notícia realça a importância de montar peças com qualidade equivalente ao Equipamento Original (OE) nos veículos comerciais; quer para minimizar o tempo de paragem para reparação dos veículos, quer para garantir a continuidade do investimento na indústria europeia de veículos comerciais.

Os produtos HCV da TRW são comercializados sob a marca "TRW Proequip". As seguintes peças: tirante; barra de direção; articulação em V e o terminal de direção XCAP foram rigorosamente testadas em comparação com os mesmos componentes de seis dos principais concorrentes, no conhecido centro de ensaios independente: FRAUNHOFER-INSTITUT for Structural Durability and System Reliability, LBF, em Darmstadt, Alemanha. Os testes demonstraram que o programa da TRW tem maior durabilidade sob alta pressão do que qualquer outro produto concorrente.

Dennis Christ, responsável de marketing dos produtos HCV da TRW, explicou: "Os resultados deste teste provam que as peças de direção e suspensão da "TRW Proequip" cumprem a promessa de oferecer "segurança real sem compromissos".

O terminal de direção XCAP da TRW superou o teste comparativo completo sem qualquer dano; dura 30% mais tempo do que o concorrente mais próximo. Os testes de todos os outros concorrentes foram interrompidos devido a uma combinação de: desgaste do assento do rolamento; um ruído de bater e aumento da amplitude; pino esférico partido ou falhas nas porcas. O design inovador do terminal de direção, XCAP, da TRW foi lançado em 2010. Mais pequeno, mais forte e mais duradouro do que o seu antecessor, este componente patenteado está disponível em exclusivo para a TRW e os seus fabricantes de veículos selecionados.

Num teste para determinar a durabilidade de um tirante, a peça da TRW durou, em média, mais 47% do tempo que a média da concorrência e mais 77% do que a peça com pior desempenho. Além disso, os parafusos de suporte na barra de direção e os componentes da articulação em V da TRW duraram até cinco vezes mais do que os componentes da concorrência.

A Europa é um líder mundial na indústria de VC e, em maio de 2014, o registo de veículos novos aumentou 10,8%, para 151 484 unidades (i). O segmento dos camiões caiu ligeiramente, enquanto os registos de furgões, bem como de autocarros, aumentaram. À exceção da França, todos os principais mercados registaram um crescimento de dois dígitos.

Dennis continuou: “Os veículos comerciais são um meio de transporte flexível e eficiente. Todos temos um papel a desempenhar para garantir que este canal comercial continua a ter êxito junto dos operadores na Europa. Uma forma de o fazer é encorajando o uso de peças de qualidade equivalente à do Equipamento Original, fortes, duradouras, completamente testadas e de fornecedores de renome, para minimizar o tempo de paragem para reparação dos veículos. 

"Os custos dos operadores de VC aumentam ano após ano, as margens estão a reduzir a todos os níveis e os operadores de frotas não têm, realmente, condições financeiras para terem os seus veículos fora da estrada durante qualquer período de tempo para fins de reparação."

Na sua folha informativa sobre a Manutenção de Veículos, a ACEA refere que alguns serviços de assistência, em caso de avaria, podem cobrar uma taxa adicional pela recolha de veículos avariados devido à falta de manutenção. Também recomenda que os veículos comerciais sejam reparados com peças de substituição originais ou peças de qualidade equivalente.  

“Tempo é dinheiro e a qualidade é, realmente, importante quando se trata de peças do mercado de pós-venda sujeitas aos tratos a que são sujeitas as peças dos Veículos Comerciais Pesados. A instalação de peças mais baratas e de menor qualidade é uma falsa economia. Podem não durar tanto tempo nem proporcionar o mesmo nível de segurança; além disso, é provável que avariem com maior frequência, sendo necessário que o veículo fique mais vezes fora da estrada enquanto elas são trocadas ou reparadas – fazendo perder mais dinheiro," concluiu Dennis.

(i) European Automotive manufacturers Association (ACEA)  http://www.acea.be/

a TRW Automotive Aftermarket anunciou que os seus componentes de direção e suspensão (S&S) para veículos comerciais pesados (HCV) receberam nota máxima em matéria de durabilidade, força e desempenho, em testes independentes realizados recentemente. Esta notícia realça a importância de montar peças com qualidade equivalente ao Equipamento Original (OE) nos veículos comerciais; quer para minimizar o tempo de paragem para reparação dos veículos, quer para garantir a continuidade do investimento na indústria europeia de veículos comerciais.

Os produtos HCV da TRW são comercializados sob a marca "TRW Proequip". As seguintes peças: tirante; barra de direção; articulação em V e o terminal de direção XCAP foram rigorosamente testadas em comparação com os mesmos componentes de seis dos principais concorrentes, no conhecido centro de ensaios independente: FRAUNHOFER-INSTITUT for Structural Durability and System Reliability, LBF, em Darmstadt, Alemanha. Os testes demonstraram que o programa da TRW tem maior durabilidade sob alta pressão do que qualquer outro produto concorrente.

Dennis Christ, responsável de marketing dos produtos HCV da TRW, explicou: "Os resultados deste teste provam que as peças de direção e suspensão da "TRW Proequip" cumprem a promessa de oferecer "segurança real sem compromissos".

O terminal de direção XCAP da TRW superou o teste comparativo completo sem qualquer dano; dura 30% mais tempo do que o concorrente mais próximo. Os testes de todos os outros concorrentes foram interrompidos devido a uma combinação de: desgaste do assento do rolamento; um ruído de bater e aumento da amplitude; pino esférico partido ou falhas nas porcas. O design inovador do terminal de direção, XCAP, da TRW foi lançado em 2010. Mais pequeno, mais forte e mais duradouro do que o seu antecessor, este componente patenteado está disponível em exclusivo para a TRW e os seus fabricantes de veículos selecionados.

Num teste para determinar a durabilidade de um tirante, a peça da TRW durou, em média, mais 47% do tempo que a média da concorrência e mais 77% do que a peça com pior desempenho. Além disso, os parafusos de suporte na barra de direção e os componentes da articulação em V da TRW duraram até cinco vezes mais do que os componentes da concorrência.

A Europa é um líder mundial na indústria de VC e, em maio de 2014, o registo de veículos novos aumentou 10,8%, para 151 484 unidades (i). O segmento dos camiões caiu ligeiramente, enquanto os registos de furgões, bem como de autocarros, aumentaram. À exceção da França, todos os principais mercados registaram um crescimento de dois dígitos.

Dennis continuou: “Os veículos comerciais são um meio de transporte flexível e eficiente. Todos temos um papel a desempenhar para garantir que este canal comercial continua a ter êxito junto dos operadores na Europa. Uma forma de o fazer é encorajando o uso de peças de qualidade equivalente à do Equipamento Original, fortes, duradouras, completamente testadas e de fornecedores de renome, para minimizar o tempo de paragem para reparação dos veículos. 

"Os custos dos operadores de VC aumentam ano após ano, as margens estão a reduzir a todos os níveis e os operadores de frotas não têm, realmente, condições financeiras para terem os seus veículos fora da estrada durante qualquer período de tempo para fins de reparação."

Na sua folha informativa sobre a Manutenção de Veículos, a ACEA refere que alguns serviços de assistência, em caso de avaria, podem cobrar uma taxa adicional pela recolha de veículos avariados devido à falta de manutenção. Também recomenda que os veículos comerciais sejam reparados com peças de substituição originais ou peças de qualidade equivalente.  

“Tempo é dinheiro e a qualidade é, realmente, importante quando se trata de peças do mercado de pós-venda sujeitas aos tratos a que são sujeitas as peças dos Veículos Comerciais Pesados. A instalação de peças mais baratas e de menor qualidade é uma falsa economia. Podem não durar tanto tempo nem proporcionar o mesmo nível de segurança; além disso, é provável que avariem com maior frequência, sendo necessário que o veículo fique mais vezes fora da estrada enquanto elas são trocadas ou reparadas – fazendo perder mais dinheiro," concluiu Dennis.

(i) European Automotive manufacturers Association (ACEA)  http://www.acea.be/

ARTIGOS RELACIONADOS